terça-feira, 20 de outubro de 2009

CÉLULA


O que é uma célula e como se multiplica?
Antes de definir o que é uma célula é importante estabelecer a diferença entre uma igreja com células e uma igreja celular.

Em uma igreja com células, as células são um outro departamento da igreja ao lado das senhoras, dos jovens, dos homens, das crianças, e tantos outros departamentos. As células são outra atividade a mais da igreja. O Pastor nomeia alguém para o departamento de células da mesma forma que existe um encarregado para outros departamentos, grupos e programas com os quais a igreja trabalha.

Em uma igreja celular, o trabalho com células é a atividade da igreja. Ela tem um só departamento: as células. Em uma igreja celular o Pastor está a frente do trabalho, sustentando a visão, estabelecendo as metas, avaliando resultados, usando sua criatividade para aperfeiçoar a aplicação do sistema. O trabalho celular não é delegado a um encarregado.

Muito se tem repetido que numa igreja celular o trabalho com células é a coluna vertebral. Na verdade, nada substitui o papel que as células têm na vida da igreja.

Outro conceito básico que é necessário definir refere-se à diferença entre um grupo pequeno e uma célula. Toda célula é um grupo pequeno, porém nem todo grupo pequeno é uma célula.

Um grupo pequeno é qualquer coisa que sendo pequena é também um grupo. Falando de grupos de pessoas, pode-se dizer que qualquer reunião com menos de 15 pessoas é um grupo pequeno.

Dentro dessa definição de grupo pequeno entra qualquer reunião de irmãos que se realiza para ter comunhão, para tomar café, para discipular, para confraternização dos jovens, etc. Tudo isso é grupo pequeno e tem utilidade para a vida da igreja, porém, nenhum deles é uma célula.

Definição de célula: É um grupo de 4 a 15 pessoas que se reúnem toda semana fora do templo para evangelização, confraternização e edificação, e que estão comprometidas com os propósitos da igreja.

Os componentes de uma célula são evangelizar, confraternizar, e edificar. Numa célula existe crescimento numérico, comunhão com os irmãos e com Deus. Se algum desses três elementos está ausente, então temos um grupo pequeno, mas não uma célula.

Os três componentes de uma célula devem estar equilibrados. Se a ênfase estiver mais na confraternização do que nos outros dois elementos da célula, tudo será voltado para a comunhão e não haverá formação de novos líderes. Mas, se a ênfase for a edificação, deixará de ter evangelismo. Se a ênfase for a evangelização, a célula perderá sua eficiência, porque muitos sairão pelas portas dos fundos por falta de equilíbrio entre comunhão e edificação.

O objetivo fundamental da célula é a multiplicação. A meta de cada célula é a multiplicação. As células saudáveis que equilibram seus componentes, são as que se multiplicam.

As células se multiplicam quando seus membros aumentam. O propósito do sistema celular é manter pequeno o número de pessoas que fazem parte de uma célula. As células que têm mais de 15 membros, começam a perder seu propósito.

Para a multiplicação de uma célula, é necessário seguir um processo diversificado. Convidar pessoas não crentes para a célula é uma parte do processo de multiplicação, porém não é tudo.

O processo começa o trazer os não crentes. Elas devem ser evangelizadas visando a conversão. Depois da conversão devem ser visitadas sistematicamente e incentivadas a participarem das celebrações coletivas no templo, fazerem a classe de membresia, serem batizadas e preparadas para serem líderes.

Somente seguindo esse processo, é que as células se multiplicam. Outros elementos importantes para o êxito na multiplicação das células são:

· Orar cada dia pelos membros da célula;
· Confraternização entre os membros;
· Convidar novas pessoas;
· Cuidar dos que recebem a Cristo;
· Incentivar outros para se tornarem novos líderes.

Existem duas formas de multiplicação celular:

A multiplicação mãe-filha. Ocorre quando uma célula, ao multiplicar-se, gera uma nova célula filha. Ao continuar crescendo, a célula mãe pode continuar gerando novas células filhas.

Plantar uma célula. Acontece quando se abre uma nova célula sem necessidade de ter começado com uma célula mãe. Quando existem condições para abrir uma célula em um lugar onde antes não havia uma, chamamos isso de plantar uma célula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário